Notícias e Avisos

Integração com as redes: e Acessar Portal DDD

08/03/2010 - Incluído tema alternativo e recursos de tradução.
------------------------------------------
07/03/2010 - Migração para a versão 2.8.4 do WP.
------------------------------------------
03/03/2010 - Reinício das atividades do blog, com sua integração à Rede DDD.
------------------------------------------





Arquivos
Categorias
Blogroll
Outros Sites (Autor)
Sites Recomendados
Sites da Rede DDD

Links dos sites do mesmo autor, integrantes da "Rede DDD" (Debata, Desvende e Divulgue):

Comentários Recentes
    Videos Recomendados

    Meus Videowalls:

    Vídeos Destacados:

    Inri Cristo, o Jesus Reencarnado

    Você Acredita em Deus?

    Jesus Já Voltou?

    Vídeos em Jukebox-1

    Outros vídeos:Acessar

    1 - Para retornar a esta página após ver os vídeos no meu Vodpod, você poderá clicar na seta "retornar', do seu navegador ou simplesmente fechar a janela da página em que foi exibido o vídeo.

    2 - Minha página de vídeos selecionados estará sendo permanentemente atualizada. Visitem-na, vez por outra!

    3 - Se desejar, você também poderá comentar qualquer vídeo, na minha própria página de exibição, no Vodpod. Mais ainda: havendo mais de um visitante, poderão até 'debater o vídeo'.

    (Transcrito do blog coirmão "Formou? Disseca e Publica!", do mesmo autor, e também integrante da Rede DDD)

    Para quem estranhou o uso do termo "desinstalar" no título, que poderia facilmente ser substituído por qualquer outro sinônimo mais adequado ao ser humano, informo que o uso foi intencional para que pudesse se adequar à seguinte analogia da era da informática: "Deus e as religiões são vírus residentes na memória, instalados junto com a bios e que têm proteção contra a desinstalação. Por isso a sua remoção é difícil pois, se mal feita, poderá ocasionar defeitos de funcionamento ou o travamento do PC". Isto não lhes parece familiar?

    Pois é mais ou menos assim que funciona a idéia de Deus e a do seguimento de uma religião. Essas necessidades são implantadas na memória das pessoas, desde a mais tenra idade, de tal forma que, ao chegarem à idade adulta, equiparam-se ao funcionamento de um vírus, de difícil remoção. Para desisinstalá-lo, só existe um caminho: determinação, perseverança e conhecimento. Se estes três requisitos não estiverem presentes como antivírus, é melhor não arriscar e deixar o vírus dentro da bios. Pelo menos assim o seu PC vai funcionar. Controlado e sem autonomia, mas funcionando, limitadamente. E entre não funcionar e funcionar com limitações, as pessoas, por covardia ou comodismo, escolhem sempre a segunda opção, se é que se pode chamar isso de "opção".

     Para os que querem libertar-se, mesmo possuindo os pré-requisitos determinação e perseverança, nada conseguirão se não tiverem o terceiro e mais difícil requisito: o conhecimento.

    Onde começa e quando se detecta o problema?

     
    Onde começa, já foi explicado. E quando se toma conhecimento de que já se está contaminado… Bem, sobre isso, cito como exemplo, de acordo com o artigo da Isto É – Independente, a matéria "A virada para a vida adulta".

    A matéria mostra que ao chegar aos 13 anos, bem no início da adolescência, os jovens,  na sua esmagadora maioria, já têm o seu "Deus" e a sua opção religiosa escolhida. A pergunta que faço é: "um jovem de 13 anos ou menos possui maturidade suficiente para entender o que seja 'Deus'  e poder definir-se por uma religião?" Se não, como parece  óbvio, por que isso ocorre?  Será que aqueles conceitos que estão implantados na cabeça dos jovens, como um vírus, não os levaram para esse caminho, sem que disso se dessem conta? E se mais tarde eles quiserem se libertar ou simplesmente mudar as suas convicções religiosas, conseguirão fazê-lo sem sofrimento?

    No judaísmo, os meninos aos 13 anos, e as meninas aos 12, nas cerimônias "Bar-Mitsvá "(meninos) e "Bat-Mitsvá" (meninas) são obrigados a confessar sua conversão à  religião judaíca, demonstrando conhecer a Torá e lendo seus textos em cerimônias especiais para estas datas. Para isto, são preparados nos anos precedentes, aprendendo e decorando, obrigatoriamente, os preceitos e mandamentos da Torá.

    No catolicismo, existe o batismo (geralmente feito em recém-nascidos, mas que pode ser realizado em qualquer idade), o catecismo e outras práticas que induzem filhos de católicos a também se tornarem católicos.

    Quase todas as religiões têm o condão de preparar as mentes dos jovens, antes da adolescência, para fazerem suas conversões religiosas, de tal sorte que, entrados nessa  fase , já tenham o vírus da religião implantado nas suas cabeças. E os maiores cúmplices dessa sandice são os próprios pais, que fazem isso por pura ignorância, acreditando estar fazendo o bem para os seus filhos. Nisto, têm a cumplicidade da escola, dos parentes  e até dos amigos mais íntimos.

     Resultados da pesquisa:

    De acordo com a matéria citada, foi feita uma pesquisa com 100 alunos , em três escolas de São Paulo, Recife e Curitiba. A pesquisa abrangeu itens como "relacionamento com os pais", "sexo", "meio ambiente" e outros, dentre os quais, o quesito "religião e espiritualidade", aplicado aos jovens na faixa etária 12-13 anos. Vejam as  4 perguntas eformuladas  e os resultados, que confirmam a nossa assertiva:

    1 – Você acredita em Deus?

                   Sim – 87%; Não – 13%
     2 - Você tem religião?
           Sim - 95%; Não – 5%
     3 – A religião que segue é a mesma de sua família?  
          Sim – 79%; Não – 21%
     4 – Acha necessário ter uma religião para acreditar em Deus?
           Sim – 88%; Não – 12%

    A argumentação, os fatos e os números da pesquisa, embora numa pequena amostragem, foram expostos. Agora cabe aos leitores tirarem suas conclusões. Antes, porém, pensem nos seus filhos menores de 12 anos, caso possuam. Se vocês não os influenciarem, quem sabe um dia eles ainda vão lhes agrdecer por isso? Já na hipótese contrária…

    Fonte: mencionada, com o respectivo link

     

    MyFreeCopyright.com Registered & Protected
    Texto protegido por Copyright
    Reprodução permitida, desde que sem alterações
    e com citação do autor original e fonte
    .
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Compartilhar enviando para:
    • Print
    • email
    • del.icio.us
    • Technorati
    • MySpace
    • Facebook
    • Google Bookmarks
    • Twitter
    • LinkedIn
    • Digg
    • Live
    • Yahoo! Bookmarks
    • Add to favorites
    • RSS

    Gostou ou discordou do que leu? Deixe um comentário!

    XHTML: Você pode usar as tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong> <font color="" face="" size=""> <span style="">

    Nota: Os comentários deste blog não estão moderados (a menos que bloqueados automaticamente pelo filtro de spam) e serão publicados imediatamente após postados. Não obstante, verificando-se a posteriori que estão em desacordo com a política editorial do blog, poderão ser moderados ou até excluídos, se forem considerados pornográficos, contiverem ofensas pessoais ou totalmente divergentes do tema a que se referem.


    Translator
    Pesquisar neste blog
    Sobre o autor…

    Ivo S. G. Reis

    Apenas um livre-pensador ecletista, agnóstico, ambientalista de coração e de carteirinha, filósofo de rua e de boteco, um libertário cidadão do mundo, à procura de vozes que queiram fazer coro contra a exploração e escravidão religiosa dos incautos, contra a corrupção na política, contra a exploração do povo pelo Estado e contra a devastação da natureza. Minhas armas e ferramentas: meus pares ideológicos e os locais onde nossos protestos e mensagens possam ser divulgados e ouvidos.













    Você está no lugar certo?

    Passe o mouse para parar rolagem

    Se você não gosta de questionar;

    se acha que tudo já foi dito antes;

    se acha que protestos são perda de tempo e que não vale a pena se preocupar com a devastação da natureza e com os problemas futuros da humanidade porque, quando chegar a hora certa, alguém resolverá por nós;

    se costuma aceitar dogmas religiosos e imposições das igrejas sem discutir e se crê que se deva entregar as soluções nas mãos de "Deus" porque "Ele" tudo resolve;

    se acha que ter uma religião e segui-la é o bastante;

    se não tem espírito libertário;

    se não tem senso crítico, não aceita rever seus conceitos e não gosta de reflexões nem de pensar muito...

    Então, provavelmente, achará que está no lugar errado e não vai gostar muito de navegar por aqui.


    Enquetes Filosóficas:

    Clque na enquete de sua preferência para ver resultados ou votar!

    1 - Qual o tema de "filosofia de botequim" que mais lhe agrada?

    2 - Qual das correntes filosóficas listadas é a que lhe desperta maior interesse? (link ainda não estabelecido)

    NOTA: Após votar ou visualizar, clique no botão "RETORNAR" da enquete, para voltar a este blog

    Seguir o blog
    Artigos Publicados
    Você poderá consultar os posts publicados de várias maneiras:
    • 1 - Todos, por ordem alfabética
    • 2 - Todos, por data de publicação (mais recentes primeiros)
    • 3 - Todos, por categorias de assuntos e data de publicação
    • 4 - Publicados por página

    Vá para a página Índices e selecione a sua opção!

    Agregadores Preferidos
    Estatísticas e Visitantes

    II - Geral, a partir de 20/03/2010:

    Contador de acesso e visitas