• Bem-vindo, visitante, ao primeiro blog da Rede DDD

    Este é o blog principal da Rede DDD, uma rede composta por 15 sites integrados, voltados para a discussão das grandes questões nacionais e de temas polêmicos, em diversas áreas do conhecimento humano. Se você não encontrar aqui o que procura, nós o ajudaremos a encontrar, redirecionando-o para o lugar certo. Antes, porém, veja se está mesmo no lugar certo:

    Se você não gosta de questionar; se acha que tudo já foi dito antes; se acha que protestos são perda de tempo e que não vale a pena se preocupar com a devastação da natureza e com os problemas futuros da humanidade porque, quando chegar a hora certa, alguém resolverá por nós; se costuma aceitar dogmas religiosos e imposições das igrejas sem discutir e se crê que se deva entregar as soluções nas mãos de "Deus" porque "Ele" tudo resolve; se acha que ter uma religião e segui-la é o bastante; se não tem espírito libertário; se não tem senso crítico, não aceita rever seus conceitos e não gosta de reflexões nem de pensar muito... Então, provavelmente, achará que está no lugar errado e não vai gostar muito de navegar por aqui.

    Se concorda, acertou o lugar! Siga conosco e acompanhe as matérias de nossos outros sites, abaixo:


    OUTROS SITES DA REDE DDD:


    Portal DDD Botequim Filosófico Virtual Blog DDD DDD Teccnologia Bau_do_Inexplicado Formou? Disseca e Publica! Rede Irreligiosos
    Mentiras Dominantes Observatório Político Brasileiro Temas Instigantes Vida Escaneada Videoblog do Insólito Brasil, Tomografia Política Café Filosófico Virtual


Tag: consumismo

O exclusivismo humano e a ecologia

Biologia

       Para melhor entendimento do assunto, julgamos necessário fazer ligeira digressão sobre o instinto animal.  A natureza toda está inserida no planeta de uma forma perfeita, harmoniosa e sábia. Não somente isso. A natureza é bela, pura, justa e irradia, permanentemente, mensagens sublimes que, captadas pela sensibilidade espiritual, põem-nos em comunhão com as energias cósmicas.          Aos seres vivos tais forças outorgaram o instinto, agregado à genética, que lhes guia o comportamento na dinâmica  da […]Continuar lendo >>

As uvas continuam verdes

As uvas continuam verdes
Crônicas

   Já que não conseguimos alterar as ações irracionais da atual civilização, em sua sanha de crescimento material e concomitante destruição dos valores espirituais, vamos procurar um caminho que nos traga compensação, tirando por um momento nosso olhar do parreiral ecológico, donde pendem as uvas […]Continuar lendo >>

Consumose é uma doença contagiosa que afeta o corpo, a mente e a alma

Consumose é uma doença contagiosa que afeta o corpo, a mente e a alma
Ecologia

  Temos a satisfação de divulgar artigo de Janos Biro:   “Deveríamos considerar seriamente o impacto psicossocial do ato aparentemente inocente de levar uma criança às compras, ao shopping ou ao supermercado. Lá ela estará exposta a um ambiente repleto de agentes simbólicos infecciosos, e sem […]Continuar lendo >>

Síntese da Questão Ambiental

Síntese da Questão Ambiental
Ecologia

  Cordel Ambiental                                                     Antídio S.P.Teixeira Amanhã é domingo, pede cachimbo, Tocar gaita, repicar os sinos, Pensar nos meninos, Como viverão amanhã.   Meninos de ontem, Homens de hoje, Não pensam no amanhã, Dos meninos de hoje; Cresceram num sonho, Não conseguem despertar.   O […]Continuar lendo >>

Consumo é o oxigênio do capitalismo

Consumo é o oxigênio do capitalismo
Ecologia

      A partir do século XVIII, as guerras, quando não motivadas por interesses econômicos, foram salutares para esses mesmos objetivos, representados pelos oportunistas encastelados nos países com vocação imperialista.  O esqueleto econômico do sistema capitalista foi se fortalecendo, chegando ao estágio de patrocinar e […]Continuar lendo >>

Misérias da sociedade de consumo

Misérias da sociedade de consumo
Ecologia

  Transcrevemos abaixo importante artigo do senhor Vilmar Berna, renomado ambientalista.   “Segundo cientistas, se todos os países adotassem o mesmo estilo de desenvolvimento dos chamados países do Primeiro Mundo, seriam necessários cerca de quatro planetas terra de recursos naturais e, como só temos um, […]Continuar lendo >>

Conforto humano é nocivo ao meio ambiente

Conforto humano é nocivo ao meio ambiente
Ecologia

Cada vez mais o homem procura o conforto. Desloca-se de um lugar a outro, perto ou longe, sentado em uma poltrona sem despender a energia natural – própria de seu organismo – a muscular. Comunica-se com outra pessoa, numa distância enorme, sem precisar ir lá. […]Continuar lendo >>

A ilusão de 2010

A ilusão de 2010
Ecologia

Já estamos em 2010.  Parece que houve uma mudança, uma alteração de rumo. Mas é apenas ilusão. Soltaram foguetes, gastaram-se milhões com festas, consumos, bebidas e comemorações. Não atino com o festejar dessa data.  Ainda estou com a cabeça balançando com a constatação de que […]Continuar lendo >>

O mito do progresso

O mito do progresso
Ecologia

  Homenageando Gilberto Dupas, uma das mais brilhantes inteligências brasileiras, reproduzimos seu excelente texto abaixo que, no nosso entender, constitui uma visão perfeita da civilização em que vivemos. Chama-nos a atenção o fato de que o convite a desafio já foi atendido pelo nosso livro […]Continuar lendo >>

Natal

Natal
Atualidades

por Rubem Alves Fonte: Fábio Oliveira – fabioxoliveira2007@gmail.com                                   Fabioxoliveira.blog.uol.com.br/  "(…) Natal me deixa triste. Porque, por mais que o procure, não o encontro. Natal é uma celebração. As celebrações acontecem para trazer do esquecimento uma coisa querida que aconteceu no passado. A celebração deve […]Continuar lendo >>

A mudança de paradigma

A mudança de paradigma
Ecologia

Transcrevemos esclarecido texto elaborado por Fritjof Capra, eminente ambientalista.  Fonte: Fábio Oliveira – fabioxoliveira2007@gmail.com –  fabioxoliveira.blog.uol.com.br/      “Na minha vida de físico, meu principal interesse tem sido a dramática mudança de concepções e de idéias que ocorreu na física durante as três primeiras décadas […]Continuar lendo >>

O CIGARRO E A LUTA DOS AMBIENTALISTAS

O CIGARRO E A LUTA DOS AMBIENTALISTAS
Ecologia

Todos conhecem as fotogravuras que são impressas nos maços de cigarro. São documentos impressionantes que escancaram ao destinatário as tragédias advindas do vício do fumo. Quando um fumante compra um maço de cigarro, não há como não ver tais desgraças. As cenas estampadas são fortes, […]Continuar lendo >>

COLAPSO MUNDIAL ?

COLAPSO MUNDIAL ?
Ecologia

  Damos abaixo, em cumprimento ao nosso desejo construtivo de divulgar esclarecimentos formulados pelo eminente pensador Leonardo Boff (www.leonardoboff.com), o teor de mais um  brilhante artigo, versando sobre a problemática ambiental.   EXTRAPOLAÇÃO E COLAPSO DO SISTEMA MUNDIAL?   “Os formuladores da visão sistêmica chamam […]Continuar lendo >>

Desvio de Conduta Social Humana

Desvio de Conduta Social Humana
Atualidades

O belo artigo do Frei Beto é uma pérola que nos mostra quanto a humanidade se afastou de seus caminhos naturais e, complementando, a causa do desequilíbrio socioambiental que aflige a quem os ambientalistas que já detectaram: DO MUNDO VIRTUAL AO ESPIRITUAL Por Frei Betto […]Continuar lendo >>

SOMOS IGNORANTES

SOMOS IGNORANTES
Ecologia

Por ser esclarecedor e se coadunar com as idéias de Carlos Gabaglia Penna, anteriormente aqui publicadas sob o título “Economistas clássicos  e  o  meio  ambiente”,  damos a seguir divulgação  a um artigo lavrado por Leonardo Boff (www.leonardoboff.com), eminente pensador e assessor da presidência da ONU. […]Continuar lendo >>

Prenúncios de uma Catástrofe Ambiental Anunciada

Prenúncios de uma Catástrofe Ambiental Anunciada
Outras

Como nuvens negras e fortes ventos anunciam uma tempestade, a ação do homem sobre o meio ambiente também está a anunciar uma catástrofe ambiental que se avizinha. Esta é a visão do estudioso e ambientalista Antídio Teixeira que, de há muito, pesquisa os efeitos da […]Continuar lendo >>

DE ONDE VEM MEU SALÁRIO

DE ONDE VEM MEU SALÁRIO
Ecologia

Suponhamos, numa demonstração teórica, que sou uma secretária executiva. Pelo trabalho de 8 horas que executo – digitação, relatórios, traduções, atendimento a diretores, telefonemas – recebo o ordenado de 2.000,00 mensais. Até aí, tudo bem; estou inserida na estrutura social vigente, baseada em atividades econômicas, […]Continuar lendo >>