LEONARDO BOFF ESCREVEU

01/12/2007
by mgomide3
  

Publicado em 17.11.07 nos jornais, o pensador Leonardo Boff escreveu longo artigo, do qual extraimos as seguintes partes:
“Os atuais cenários sombrios sobre o futuro do sistema vida e especificamente da espécie humana permitem que biólogos, bioantropólogos e astrofísicos aventem o possivel desaparecimento da espécie homo sapiens/demens ainda neste século. O mais robusto parece ser aquele da superpopulação articulada com a dificuldade de adaptação às mudanças climáticas. Na escala biológica verifica-se um crescimento exponencial. A humanidade precisou de 1 milhão de anos para alcançar em 1850 1 bilhão de pessoas. Prevê-se que, […]por volta de 2050, haverá 10 bilhões de pessoas. É triunfo ou dano? Há explosão demográfica e decrescimento dos meios de vida num planeta limitado. Sinal precursor de nossa próxima extinção? Dada a pressão industrialista global sobre a biosfera estão desaparecendo 3.500 espécies por ano. Um desastre biológico. Será que agora não chegou a nossa vez?”
Esses são os principais trechos. Em palestra proferida no princípio deste ano em Brasília, Leonardo Boff enfatizou a gravidade da degradação ambiental. Chegou até a dizer, de relance, que era muito séria a questão populacional. Agora, no citado artigo, foi ele mais explícito e diz claramente que estamos à beira do precipício. Tenho lido todos os seus artigos, publicados semanalmente, e ainda não abordou a questão principal que seria o enfrentamento do problema. Conhecimento sobre esse aspecto creio que não lhe falta, pois ele já deve ter lido meu livro “Agora ou Nunca Mais” que versa sobre o assunto e alí pode obter subsídios para expor, com sua inteligência e cultura, uma abordagem mais desassombrada. Aguardemos. 

postado por Maurício @ 13:14

Blogger PostBookmark/FavoritesDiggEmailFacebookGoogle GmailGoogle+LinkedInPrintFriendlyTwitterYahoo MaildiHITTShare

Deixe uma resposta