(Transcrição da matéria do mesmo autor, na comunidade "Irreligiosos")

IURD inaugura o faraônico Templo de Salomão, no Brás (SP), e políticos de todo o país irão “prestigiar”

Templo de Salomão - SPAs notícias estão aí, para quem quiser ver: no próximo dia 31 de julho [(*) – Ver nota de rodapé], será inaugurado oficialmente, no Brás, o megatemplo da Igreja Universal do Reino de Deus, batizado com o sugestivo nome de “Templo de Salomão”, aos custo informado de R$ 680 milhões de reais. Ao evento estarão presentes a presidenta Dilma Roussef, o ex-presidente Lula, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito Fernando Haddad, além de várias outras autoridades e personalidades políticas. Segundo informa O Globo, “foram convidados os 27 governadores e os prefeitos de todas as capitais” ( http://oglobo.globo.com/brasil/inauguracao-do-templo-da-universal-e… ).

É sempre assim: Silas Malafaia inaugura templo da AVEC, no Rio de Janeiro… os políticos vão; Valdemiro Santiago inaugura em São Paulo… os políticos vão; Padre Marcelo Rossi inaugura templo “Santuário Mãe de Deus”, em Interlagos (SP)… os políticos vão. São todos megatemplos que atraem milhares de fiéis, assim como os megaeventos religiosos. É claro que os políticos não podem deixar de “dar seu apoio” e ficar fora dos holofotes. Não, eles têm de aparecer e dizer que “estão juntos com o povo de Deus”. E nem se questiona o valor dessas suntuosas obras e eventos e sequer se procura saber a origem dos recursos, que se alega provir da doação dos fiéis (haja doação!). Pelo contrário, governos e prefeituras ainda injetam algum dinheirinho do contribuinte, para colaborar e “prestigiar”.

Será que essas igrejas precisam mesmo desse caixinha extra? A IURD, por exemplo, é a maior das neopentecostais brasileiras, com mais de 6.500 templos e mais de 8 milhões de seguidores (só no Brasil), filiais em todos os continentes e em quase todos os países do mundo. É dona da TV Record, que adquiriu em uma compra cercada de conspirações, tráfego de influências, mentiras e até dinheiro do tráfico de drogas e o envolvimento político do ex-presidente Collor; é dona de 23 emissoras de TV, 42 de rádio e mais doze empresas em ramos diversos (dados não atualizados para 2014); é investigada pelo Ministério Público, por suspeita de envolvimento com o crime organizado, desvio e lavagem de dinheiro… Uma organização desse porte, com esse poderio, com esse histórico de vida nada recomendável, ainda é cortejada pelos governos e não só é cortejada, como recebe apoio e favores?!… Não, alguma coisa está muito errada neste país.

Detalhes da obra Templo de Salomão:

  • Será (enquanto outro maior não surge) o maior templo evangélico do país;
  • segue o padrão arquitetônico de outros templos da IURD, diferindo apenas em tamanho e algumas comodidades. O padrão é a réplica do do templo construído em Jerusalém, no século XI AC, destruído, reconstruído, e novamentee destruído pelos romanos no ano 70dC, quando o exército romano esmagou uma rebelião dos judeus; 
  • possui 100.000m2 de área (o Maracanã possui 120.000), o dobro da altura do Cristo Redentor e é 4 vezes maior do que o Santuário de Aparecida do Norte;
  • possui telões de 20m2, maiores do que os dos estádios da Copa do Mundo 2014, capacidade para 10.000 pessoas, sentadas, e estacionamento (a ser ampliado) para 2.000 veículos;
  • possui sistema de som potente e sofisticado, acabamentos em mármore italiano e decoração com mais de 10.000 lâmpadas de led;
  • possui 60 apartamentos decorados, para pastores convidados, e 335 banheiros para os fiéis;
  • possui segurança própria interna e externa, prestada pelos “guardiões do templo (???)”, autorizados a fazer revistas e impedir que pessoas entrem com filmadoras, máquinas fotográficas, celulares e tablets;
  • utilização de esteira mecânica rolante, para transportar o dinheiro arrecadado diretamente para o cofre (informação não confirmada pela assessoria da igreja, segundo “O Globo”).

Detalhe: isso é fichinha perto dos templos evangélicos que existem em outros países. Com todo esse tamanho, luxo e sofisticação, esse templo não estaria nem entre os dez maiores do mundo. Para se ter uma ideia da força do evangelismo, basta dizer que o 10º colocado no ranking mundial (Catedral Evangélica do Chile), possui capacidade para 45.000 pessoas/culto e o primeiro, Yoido Full Gospel (Coreia do Su), capacidade para 230.000 pessoas, por culto. Vamos parar por aqui. Segue a matéria da “Folha de São Paulo”, sobre a inauguração do templo, na íntegra:

—————————————————————————-

As regras do Templo de Salomão

Por ANNAVIRGINIA

16/07/14 13:38

O templo visto de cima (Antonio Miotto/Fotoarena/Folhapress)

De Jerusalém ao Brás: a “xerox” do Templo de Salomão (Antonio Miotto/Fotoarena/Folhapress)

A Igreja Universal do Reino de Deus divulgou um manual de etiqueta para quem quiser conhecer o Templo de Salomão, “o lugar que Deus escolheu para habitar”.

Entrar lá exige “dresscode”.

Nada de boné, camisa sem manga ou de time, roupa com mensagem política ou comercial, chinelo, bermuda, decote, minissaia e óculos escuros.

“Se você fosse se encontrar com o próprio Deus, na casa dele, como se vestiria?”, pergunta o bispo Renato Cardoso ao som de música clássica, em vídeo divulgado na terça (15) no blog de Edir Macedo, líder da Universal. “Vista-se como se fosse se encontrar socialmente com uma pessoa muito importante.”

Macedo designou Cardoso, seu genro, para ditar as regras de acesso à obra, que replica o templo bíblico destruído duas vezes em Jerusalém. Caberão até 10 mil pessoas na versão erguida no Brás, em São Paulo.

Entrar lá não é para qualquer um.

Após inaugurado, o templo se fechará por um tempo a visitantes sem credencial —segundo pastores, até 2015.

Antes disso, ou você é convidado ou participa de uma caravana organizada pela Universal. Há ingressos à venda nas igrejas —sair de ônibus do centro custa R$ 45. O lote de agosto está quase esgotado.

O valor, de acordo com a igreja, “refere-se exclusivamente ao transporte em ônibus executivo de turismo, com seguro, cobrado pela empresa contratada. A chegada dos visitantes em número limitado de caravanas atende recomendação da Companhia de Engenharia de Tráfego e será exigida apenas nos primeiros 30 dias de visitação”.

Segundo a companhia, “não é uma recomendação. A CET estabeleceu em certidão que o empreendimento deve prover o local com vagas de estacionamento de fretados por meio de convênio com estacionamento”.

Entrar lá tem preço. Mas nenhuma “selfie” para contar a história.

O bispo Cardoso afirma que, por ser sagrado, o santuário não pode ser filmado nem fotografado. Todos estarão sujeitos a revista, feita por uma guarda privada e com detectores de metal. Será barrado no baile quem levar smartphones, tablets etc.

Nenhum Instagram será ferido durante a realização deste culto: haverá fotógrafos à disposição para clicar fiéis do lado de fora. O retrato poderá ser baixado na internet.

A presidente Dilma está entre os convidados para uma cerimônia de abertura em 31 de julho. Autoridades, segundo a Universal, também foram orientadas a não levar celular.

A estreia do templo será no sábado (19), para líderes religiosos. Seguidores poderão assistir à reunião por videoconferência, exibida em várias Universais.

Na mesma data, chega ao fim o “Jejum de Jesus”, iniciado a dois dias da Copa. A igreja propôs que fiéis abstraíssem por 40 dias de “rádio, televisão, distrações”.

Em junho, o blog de Macedo reproduziu texto que dizia: “Na Copa, ganham os jogadores. No Jejum, ganha VOCÊ. Para assistir à Copa tem que pagar. O Jejum é GRÁTIS”.

Fonte: Folha de são Paulo ( http://religiosamente.blogfolha.uol.com.br/2014/07/16/as-regras-do-… )

———————————————————————————————

Outras fontes: 1 – Estadão/O Globo/UOL

(*) Nota de rodapé: esta notícia foi produzida no dia 28/07/2014, 4 dias antes da inauguração. Se você estiver lendo depois do dia 31/07/2014, atualize as informações, vendo quais os políticos que estiveram efetivamente presentes.

Blogger PostBookmark/FavoritesDiggEmailFacebookGoogle GmailGoogle+LinkedInPrintFriendlyTwitterYahoo MaildiHITTShare

Deixe uma resposta