Sobre a nomeação do pastor, deputado federal Marco Feliciano, para a presidência da Comissão de Direitos Humanos (???), um verdadeiro escárnio e desrespeito para com a opinião pública, juntamente com outras escabrosas nomeações para presidências de comissões, transcrevemos a matéria abaixo, publicada em “Opinião Humanista” (algumas imagens foram suprimidas ou reduzidas):

———————————————————————————————————

Presidente do CDH, PASTOR MARCOS FELICIANO ignora os DIREITOS HUMANOS

Pastor Marcos Feliciano, agora Presidente da CDH, ao propor um plebiscito sobre a união homoafetiva, mostra que desconhece totalmente os preceitos básicos da democracia e dos direitos humanos, pois ambos asseguram os direitos iguais das minorias. Todos os seres humanos, independente de cor, raça, opção sexual, credo, condição social ou econômica, sob qualquer distinção, possuem os mesmos direitos se estiverem consumados os mesmos deveres: pagamento de impostos, situação legal e demais obrigações com o estado. Estando dentro desses padrões, possuem condições de usufruir das benesses da lei.

Marcos Feliciano propõe andar pra trás, queimar ( como faria com livros considerados hereges na idade média ) todo caminho percorrido pela democracia, usando como arma uma dialética virulenta sustentando a falácia de dar poder ao povo para escolher ou não uma conduta preconceituosa, tentando convencer os menos avisados que isso faz bem a democracia. Faltou nessa aula nos seus tempos de colégio..

Os homossexuais não tem o direito de fazer um plebiscito sobre a união heterossexual, da mesma forma que os heterossexuais não tem o direito de faze-lo pela união homo-afetiva, simplesmente porque fere princípio básico da igualdade. Não é questão de Maioria sufoca Minoria. Isso é o fascismo. Na democracia, se governa para a Maioria, mas se preserva os direitos básicos das Minorias. Você pode detestar religião, assim como a religião pode detestar o ateísmo, é um direito seu, mas jamais, em hipótese alguma, pode através de um plebiscito, tentar ilegitimar uma ou outra, pois ambas as expressões tem garantias constitucionais pela liberdade de expressão, sob penas da lei. Jamais, em hipótese alguma, deve-se usar a liberdade de expressão para tentar ferir o direito de ir e vir de outro cidadão ou grupo social. A democracia tem direito de defesa, Pastor Marcos Feliciano!

O racismo não está só restrito os negros, se um indivíduo for estrangeiro ou nascer de outra região do pais, sendo esse impedido de exercer seus direitos, isso se chama xenofobia. Mas também inclui qualquer forma de discriminação em relação a condições genéticas, como a síndrome de down, pois nenhum indivíduo escolhe suas condições de nascimento. Porém, Sr Marcos Feliciano, como o ser humano tem o DIREITO DE ESCOLHA, além de DEUS, pois você atribui a condição de nascença como escolha divina, ele tem o direito de escolher a opção sexual. Também pode escolher nascer sem doenças através do exame do pezinho. VOCÊ ou NENHUMA INSTITUIÇÃO tem o direito de escolher por mim, ou qualquer cidadão. Nem eu tenho direito de escolher sua religião ou determinar que você seja homossexual.

O homossexualismo não é natural? MAS O SER HUMANO NÃO É UM SER NATURAL, ELE É UM SER SOCIAL, INTENCIONAL E HISTÓRICO! Ser aleijado, cego, ter um órgão deficiente, nascer horroroso é natural, mas usar prótese, transplante de órgãos, fazer plástica é NATURAL? Aplainar uma montanha pra fazer um prédio é natural? NÃO É NATURAL, Pastor Marcos Feliciano! Se alguém quiser escolher qualquer coisa que foi estabelecida contra sua vontade ao nascer, ele tem esse direito, ou não tem? Ou deve permanecer defeituoso por escolha divina? Se você odeia o gays, os negros e os ateus, é direito seu, pois ninguém deve mandar em seu rancoroso coração, mas se você utilizar qualquer meio de difusão para propagar seu ódio e tentar eliminar o direito de ir e vir, o direito de ser feliz ou ou direito de alguém se expressar ou se beneficiar das leis apenas por ser gay, negro ou ateu, terá que ser julgado perante a LEI, a LEI dos HOMENS.

Fonte: Opinião Humanista ( http://opiniaohumanista.blogspot.com.br/2013/03/presidente-do-cdh-marcos-feliciano.html)
————————————————————————————————–

Outras fatos sobre o “pastor” deputado e agora presidente da CDH:

1 – Campanha entre os evangélicos:

“O pastor pediu através de seu Twitter para que seus seguidores, amigos e principalmente “aqueles que amam a família e os direitos humanos” participem dessa mobilização virtual assinando a petição.

Em menos de 24 horas, mas de 52 mil pessoas já mostraram ser favoráveis ao fato de que o pastor Marco Feliciano assuma a presidência da CDH.

No site Avaaz circula uma campanha ao contrário, pedindo para que o evangélico não só seja impedido de assumir o cargo, como que também venha a ter o mandado cassado, por suas declarações consideradas por ativistas do movimento gay como homofóbicas e racistas.

Fonte: Gospelprime (http://noticias.gospelprime.com.br/peticao-marco-feliciano-comissao-direitos-humanos/ )

2 –   Pedindo dinheiro aos fiéis, em sua igreja:

Para quem não sabe, o pastor-deputado é o líder (e proprietário) da igreja evangélica "Catedral do Avivamento", onde costuma pregar, enganar e pedir doações. Aliás, foram as ovelhas dessa igreja que, em campanha, ajudaram a elegê-lo, com mais de 200.000 votos. Vejam algumas cenas relacionadas ao seu ministério: 


Vídeo mostra pastor Marco Feliciano pedindo senha do cartão de fiel

Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale’, diz indicado para presidir Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Fonte: (http://oglobo.globo.com/pais/video-mostra-pastor-marco-feliciano-pedindo-senha-do-cartao-de-fiel-7765065#ixzz2MtXN8PPX )


O vídeo comprobatório:

O Globo (Email · Facebook · Twitter)

Publicado:
Atualizado:

RIO – Em vídeo que circula pelas redes sociais, o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), indicado para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, recolhe doações de fiéis da Assembleia de Deus, na Catedral do Avivamento, sua igreja. Feliciano aceita doações de motocicletas, pede cheques, dinheiro e anuncia recompensas divinas. Em determinado momento, com um cartão na mão, ele diz:

– É a última vez que eu falo. Samuel de Souza doou o cartão, mas não doou a senha. Aí não vale. Depois vai pedir o milagre pra Deus e Deus não vai dar e vai falar que Deus é ruim.

Fonte:  http://oglobo.globo.com/pais/video-mostra-pastor-marco-feliciano-pedindo-senha-do-cartao-de-fiel-7765065#ixzz2MtagEfmT


 

Bem, depois disso, falar o quê deste governo, que debocha e desrespeita a opinião pública?

(Ver mais matéria sobre este assunto e sobre o Pr Marco Feliciano em Irreligiosos)

——————
 

Blogger PostBookmark/FavoritesDiggEmailFacebookGoogle GmailGoogle+LinkedInPrintFriendlyTwitterYahoo MaildiHITTShare

3 Comentários

  • Santos disse:

    Não sou contra e nem a favor do marcos feliciano, mas acho que o homossexualidade representa a destruição da família tradicional. Ao meu ver isso é safadagem!!
    o homossexualismo tinha que ser repudiado por todos, pois fere todos os princípios éticos e morais da sociedade.

  • Santos disse:

    Sou contra as atitudes erradas do marcos feliciano, mas acho que o *homossexualidade representa a destruição da família tradicional. Ao meu ver isso é safadagem!!
    o homossexualismo tinha que ser repudiado por todos, pois fere todos os princípios éticos e morais da sociedade. 
    *Isso nunca deveria existir!!!

  • Santos:

    Independentemente de se avaliar o mérito sobre se a homossexalidade deve ser tolerada ou não, o que se discute aqui é a falta de qualificações morais de Marcos Feliciano para ocupar a presidência da CDHM. A manutenção dele no posto é um contrassenso e um desrespeito à vontade popular, tanto é que ele continua lá, até hoje. O povo? "O povo que se exploda", pensam os detentores do poder político. É isso o que tem de acabar, precisamos ser ouvidos .

Deixe uma resposta