Padre-cantor Fábio de MeloPois é, vejam o que a mídia (principalmente da Globo) faz… Aproveitando a nova onda dos padres cantores e de cantores gospels, criam-se ídolos da noite para o dia, em nome da religião, e depois fatura-se alto com eles. Bom negócio para contratantes e contratados. Todos ganham, desde que quem não ganha (o público religioso e demais simpatizantes) compareçam em massa. E este padre mineirinho aí do lado, um dos nomes fortes da Gravadora Som Livre, das Organizações Globo, tem tudo para crescer. Verdade seja dita: canta e fotografa bem, é educado e de fala mansa e, acima de tudo, o mais importante – é "padre" e muito bem promovido . Tanto é verdade, que o seu último cachê já superou até alguns do Roberto Carlos, que tem 50 anos de estrada. Primeiro, o ídolo tem de ser construido, a exemplo de uns tantos outros (como Marcelo Rossi)  que seguem a mesma trilha, apoiados por fortes emissoras de TV. Depois… Faça um ídolo e deite-se na fama. Religião agora também pode ser "show", como o "Show da Fé", da Igreja Internacional da Graça de Deus. E eles não deixam de ter lá suas razões pois os padres cantores e as bandas gospels evangélicas promovem verdadeiros "shows", que o povão adora.  
 
Num episódio recente, relacionado aos eventos natalinos e, por coincidência na cidade de Natal (RN), o padre cantor Fábio de Melo cobrou nada menos do que R$ 221.000,00 de cachê num show realizado no dia 25/12/2009 e contratado pela Prefeitura de Natal, para comemorar os 410 anos da cidade.

Depois de pagas as despesas pirotécnicas, de locomoção, estadia, comissões, etc., para onde irá o resto do dinheiro? Bem, isto o padre não explicou, dizendo apenas que "compensaria" o povo de Natal com um show mais baratinho, quase de graça, em 2010.

Vejam a íntegra da notícia, publicada no "Blog do Noblat" (O Globo/País) e já replicada do noticioso "Diário de Natal", sob o título "Padre Fábio de Melo explica cachê, mas não explica". Bem feito para os que se deixam iludir pela mídia enganosa.
 

———————————————————————–
 

"Enviado por Ricardo Noblat – 27.12.2009| 10h31m
Padre Fábio de Melo explica cachê, mas não explica

Do Diário de Natal:

Durante o show em comemoração aos 410 anos da cidade e aos centenário da Diocese de Natal, ocorrido sexta-feira (25), no Machadão, o padre Fábio de Melo pediu licença para explicar ao público natalense a polêmica veiculada pela imprensa potiguar de que seu cachê teria sido no valor de R$ 221 mil.

"No dia de ontem, fui surpreendido com a notícia publicada na internet, de maneira maldosa, de que meu cachê era de mais de R$ 200 mil. Fui professor de hermenêutica e sei que toda frase pede contexto e por isso gostaria de explicar a vocês algo de bastidor", declarou o padre.

Fábio de Melo explicou que o show em Natal estava "costurado com mais três eventos no Nordeste". "Fazer show no NE realmente é caro, especialmente em uma data como o Natal, na qual não podemos tirar nossos profissionais de casa sem pagar dobrado a eles. Além disso, não poderíamos contar com vôos comerciais porque tínhamos compromissos em Taubaté (SP) na manhã de hoje, por isso a necessidade de um jato, que custa cerca de R$ 90 mil. Infelizmente, os eventos em João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e em uma cidade do interior foram cancelados. Liguei para ela na quinta-feira, me dispus a cancelar o evento e a vir apenas para participar da celebração para estar com o povo de Natal, mas a prefeita Micarla de Sousa não quis ferir o compromisso. Esta situação não depende de nós. Tenho consciência e faço questão de dizer que não recebi R$ 200 mil", enfatizou.

“Gostaria de dizer para Natal, para igreja de Dom Matias, padres e bispos presentes que nós nos comprometemos a, dentro de uma temporada de shows no NE que faremos em breve, a vir novamente a Natal, cantar de graça. Fazemos questão de escolhe uma obra que mereça esta doação, esta graça”, afirmou.

Padre Fábio continuou a falar com as pessoas que lotaram o Machadão sobre o uso do dinheiro público. "Gostaria de pedir desculpas pela notícia maldosa. Não vou mentir, o custo foi este mesmo, mas pelas razões que explicamos. Quero voltar aqui para devolver cada centavo pago por este show, pois para nós o principal motivo de estarmos aqui foi a alegria de atender ao pedido da prefeita que disse que o povo de Natal estava esperando. Eles querem colocar o caráter da gente em notícia curta. Não deixe que façam isso com você. Queria vir à Natal e sair com o coração tranqüilo", ressaltou o padre."

 

Fonte: Blog do Noblat – O Globo/País

Blogger PostBookmark/FavoritesDiggEmailFacebookGoogle GmailGoogle+LinkedInPrintFriendlyTwitterYahoo MaildiHITTShare

2 Comentários

  • Olá! Não conheço, e nem me interessam as motivações do padre Fábio, Marcelo Rossi, Diante do Trono ou quem quer que seja por que o que quer que digam, dizem por que são preparados e avisados de que situações desse tipo podem e vão acontecer e os comentários nem sempre serão agradáveis! Eles nem têm culpa de muita coisa, a não ser do fato de se deixar manipular! Existe uma grandiosíssima equipe de acessoria por trás de cada um deles e quase sempre, o que dizem, é ensaiado antes. Eles são as estrelas que geram lucros milionários, mas também não passam de joguetes ou marionetes manipulados pelas grandes corporações de mídia que jamais vão deixar que uma notícia como essa diminua seu bolo bilionário! Essa gente consegue tirar leite de pedra com sabor de morango e flocos crocantes de nozes e avelã! É tudo um circo e como se diz…; O show não pode parar! Eles sempre terão uma desculpazinha pra qualquer coisa que vaze ou seja explorada pela imprensa, podem acreditar! Pois se conseguem abafar tantos casos de pedofilia ao redor do mundo e tudo realmente acaba virando pizza…! Explicar um “mísero” cachezinho de 221 mil… ah!, é coisa pra principiantes!! Acreditem, eles têm mais balas na agulha!!

  • Olá! Não conheço, e nem me interessam as motivações do padre Fábio, Marcelo Rossi, Diante do Trono ou quem quer que seja por que o que quer que digam, dizem por que são preparados e avisados de que situações desse tipo podem e vão acontecer e os comentários nem sempre serão agradáveis! Eles nem têm culpa de muita coisa, a não ser do fato de se deixar manipular! Existe uma grandiosíssima equipe de acessoria por trás de cada um deles e quase sempre, o que dizem, é ensaiado antes. Eles são as estrelas que geram lucros milionários, mas também não passam de joguetes ou marionetes manipulados pelas grandes corporações de mídia que jamais vão deixar que uma notícia como essa diminua seu bolo bilionário! Essa gente consegue tirar leite de pedra com sabor de morango e flocos crocantes de nozes e avelã! É tudo um circo e como se diz…; O show não pode parar! Eles sempre terão uma desculpazinha pra qualquer coisa que vaze ou seja explorada pela imprensa, podem acreditar! Pois se conseguem abafar tantos casos de pedofilia ao redor do mundo e tudo realmente acaba virando pizza…! Explicar um “mísero” cachezinho de 221 mil… ah!, é coisa pra principiantes!! Acreditem, eles têm bem mais balas na agulha!!

Deixe uma resposta