Amazonia002.jpgAnunciado oficialmente pela Globo.com, no dia 09/09/2008, o Portal Globo Amazônia (globoamazonia.com), poderá representar uma nova esperança para ambientalistas e ciberativistas que se preocupam com as questões amazônicas.

O portal é um site que mostra, em tempo real, um mapa interativo, atualizado a cada 3 horas, contendo as localizações das áreas de desmatamento e queimadas em toda a Amazônia Legal. Ao clicar em um dos ícones de desmatamento ou queimadas, o internauta terá informações sobre a exata localização da área e do seu tamanho. Os mapas são monitorados e reabastecidos com as informações do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Até aí, nenhuma grande novidade, pois essas informações de há muito já se encontravam disponíveis no INPE. A novidade é a “forma de consultar”  […](com apenas um clique no mapa) e a possibilidade do internauta poder interagir, enviando denúncias para o site. Segundo a Globo.com, algumas dessas denúncias, depois de passadas pela triagem do portal, poderão ser apuradas. Será? Talvez, se representar um grande furo de reportagem, penso.

O problema é que a convivência com as agressões ambientais na Amazônia já está se tornando tão comum que, para virar “furo de reportagem”, as notícias teriam de estar vinculadas a um grande desastre ecológico, a uma agressão militar estrangeira na região ou envolver um grande político relacionado aos fatos e/ou as denúncias. É assim que a mídia pensa. Mas já é alguma coisa e conta com a força de penetração da Globo. Quem sabe, por contar com o apoio da TV Globo, eles conseguem sensibilizar o Governo?

Por enquanto, vamos usar de otimismo e acreditar na idéia. Tanto ébtApoioGloboAmaz.jpg assim que já disponibilizamos, nas barras laterais do “Debata, Desvende e Divulgue!” um ícone para acesso àquele portal. Vamos também fazer experiências e enviar notícias e denúncias para lá (já somos assinantes da Globo.com, na pessoa do administrador).

Dentro de alguns meses, voltamos ao assunto com a nossa avaliação, já de antemão sabendo que sensibilizar políticos corruptos e governos comprometidos não é tarefa fácil. Mas, pelo medo de exposição na mídia… Pode ser, pode ser.


Technorati : , , , , , , ,
Del.icio.us : , , , , , , ,

Blogger PostBookmark/FavoritesDiggEmailFacebookGoogle GmailGoogle+LinkedInPrintFriendlyTwitterYahoo MaildiHITTShare

18 Comentários

  • mgomide3 disse:

    Novo portal para mostrar em tempo integral assassinatos na Naureza, para mim é puro sadismo. Entendo que o objetivo da emissora está oculto. Como a Globo tem americanos como sócios, há alguma coisa escondida nessa iniciativa. Aliás, crimes contra a Natureza nós vemos a todo o momento, inclusive ao vivo. Semana passada, um carroceiro bêbado jogou gasolina e pôs fogo no seu cavalo, estropiado, que já não conseguia puxar a carga. Eu, sempre que dá tempo, mudo o canal de TV para não ver as sandices dolorosas dos chamados animais inteligentes. Mesmo assim, tenho visto na TV crimes tão horríveis que, no Juizo Final, o homem ficará classificado invicto em 1º lugar, Aliás, será o único concorrente.
    Se no novo portal apresentassem o enforcamento de madeireiros destuidores da floresta, eu assistiria com discreto prazer.
    Não precisamos receber notícias de crimes contra o planeta. Como diz o articulista, isso já é rotina. Precisamos é usar nossa energia em formular acusações e expor aos incrédulos a situação impar em que nos encontramos. Dizer que tal situação é real, evidente, consequente e exterminadora de nossa espécie. Finalmente, devemos discutir os caminhos lógicos para reverter tal calamidade. Devemos lutar contra os criminosos; não assistir seus crimes.
    Salvo melhor juizo, creio que o blog foi envolvido num mal-entendido, acabando por apoiar de boa fé uma ação prejudicial, inconsequente, incongruente, paradoxal.
    Esclareço que não tive o desprazer de ligar no portal. Louvei-me apenas nas informações do artigo. Apreciarei críticas.

  • Caro Gomide:

    Já esperava essa reação da sua parte e, provavelmente, idêntico posicionamento do Mr. Spock. Eu disse provavelmente, mas é quase uma certeza. Do Antídio e do Yan, fico na dúvida. Quanto aos demais leitores… bem, é aqui que entram as minhas justificativas.

    Sinto-me no dever de explicar porque apoiei a iniciativa, embora sabendo a filosofia da Globo: POR ENQUANTO, o que eles estão fazendo é apenas mostrar o óbvio e nada acrescentando como engajamento em uma campanha concreta para salvar a Amazônia. Com a força que têm, poderiam, se quisessem.

    Como disse, o que eles estão mostrando, é o que já existia disponível para o público, no site do INPE. Então, para mim, para você, para os verdadeiros ambientalistas, para os estudiosos do assunto, não acrescentou nada. Mas, por outro lado, temos de ser realistas e saber que apenas uma ínfima parcela do povão toma conhecimento das nossas denúncias e alertas; não só das nossas, mas das de todos os outros blogs verdes. E a grande maioria dos brasileiros só acredita “naquilo que vê na Globo”, porque nem jornal lê, não é verdade? Evidente que se nós tivéssemos a visibilidade e o poder de penetração da Globo (não ria), estaríamos prestando um grande serviço às causas ambientais, não só aqui no Brasil, mas no mundo. E o foco é a humanidade.

    Então, pensei: por que não utilizar o poder de fogo da Globo e trazê-la para o nosso lado? Sinceramente, Gomide, aqui entre nós? Não acredito muito que a Globo vá dar oportunidades para que os verdadeiros ambientalistas façam as suas denúncias, utilizando o canal deles. Mas isso também não é uma certeza. Pode ser que, no afã de mostrar serviço e de convencer ao povão que eles estão acolhendo as denúncias, eles divulguem uma ou outra coisinha de terceiros, quando lhes convier, é claro. E a hora certa de fazer isso, é agora, enquanto eles estão começando e só têm expectativas quanto à receptividade, da qual só têm projeções e expectativas.

    O outro aspecto é: com resultados concretos e reais ou mesmo que haja até uma manipulação das informações, desperta-se a população para o problema. E isso já é alguma coisa.

    Vamos acompanhar de perto as atividades deles e ver se trazem algum resultado positivo. Se chegarmos à conclusão de que é apenas mais uma estratégia de marketing para angariar audiência e querer passar a falsa imagem de que estão ajudando na discussão das grandes questões nacionais – meio ambiente é uma preocupação não apenas nacional mas mundial -, abandonamos a idéia.

    É mais ou menos isso o que penso. Se estiver erado, estou errando na convicção de estar agindo certo. Nosso blog está aberto ao debate, críticas e sugestões o que, aliás, é o seu objetivo.

  • Maguilla disse:

    Colegas:

    Não posso me considerar um freqüentador assíduo deste blog mas, de vez em quando estou por aqui, dando minhas “parpitadas”. Hoje entrei porque dois assuntos me chamaram a atenção: este e um outro sobre religião, tratando do mito Jesus Cristo (mito ou realidade?). Sobre o da religião, com supreendentes 51 comentários, o maior deste blog até agora, já “parpitei”. Agora, vou “parpitar” sobre este:

    Não digo que o Sr. Gomide esteja errado, mas acho-o um tanto quanto pessimista. Claro que ele deve ter suas justificativas para isso, homem vivido e calejado que é. Entre ele e o administrador, vejo dois extremos: um, excessivamente pessimista e o outro, excessivamente otimista. Não concordo inteiramente com nenhum. Temos é de ser REALISTAS.

    Como o Sr. Gomide, ah, como eu gostaria de ver programas especiais da Globo mostrando madeireiros sendo enforcados, linchados, presos e CONDENADOS. Linchamento e enforcamento, são contra as leis brasileiras. Tudo bem. Mas por que esses caras não são presos? E quando são, porque ficam soltos depois? Isso é o que não entendo. E isso é uma das coisas que a televisão deveria mostrar e esclarecer. Esse é o serviço que se espera de uma grande TV como a Globo.

    Para finalizar, digo, assumo e assino embaixo: o que a Globo, e principalmente ela, a maior rede de TV do país, deveria fazer era uma campanha nacional ou até mundial, meses a fio, repetindo-se a cada ano, conclamando os políticos e o Governo a tomarem providências sobre a Amazônia, mostrando o descaso e a irresponsabilidade com que o assuinto é tratado. Não adianta mais só mostrar o que está sendo derrubado ou queimado. Isso, eles estão carecas de saber. O que tem de ser mostrado é: POR QUE O GOVERNO NÃO TOMA PROVIDÊNCIAS.? QUAIS OS MOTIVOS? Têm que ir a fundo nisso e não ficar mostrando foquinhos de incêndios e desmatamentos aqui ou ali. Vocês acham que o Governo não sabe mesmo onde está ocorrendo isso?

    Os estrangeiros estão de olho na amazônia, há muitos anos. Se o Brasil bobear, eles nos tomam ela, sob o pretexto de defendê-la. Isto é o que penso, curto e grosso, como dizem que sou.

  • mgomide3 disse:

    Amigo Ivo,
    Sua explicação está inteiramente compativel com o objetivo geral do blog, isto é, alcançar também os iniciantes. Sob esse aspecto, tem você meu apoio; inda mais que o programa da Globo ficará sob sua acurada observação para que, posteriormente, possa fazer um melhor julgamento de sua utilidade. Entendo que a Globo não fez mais do que entrar para o crescente clube dos “defensores do verde”. Está na moda e dá marketing. É vantajoso embarcar na onda.
    A propósito, ponho em relevo que grande parte dos blogs ambientalista que tenho visitado se atêm somente ao foco noticioso, não externando comentários racionais sobre os fatos. Conclusão: eles ainda não atinaram que o assunto é muito grave e pede clarmores mais retumbantes. Escassos blogs, como os nossos, têm enfrentado com galhardia e rigor racional esse assunto. Aliás, não se trata de “assunto”, mas “o vital assunto”.

  • mgomide3 disse:

    Cristalino Maguila,
    Parabéns. Assim é que é. Dizer o que pensa. Parabéns outra vez. Isso é que dá valor ao homem. Sobre meu pessimismo, devo responder alguma coisa, é claro. Ninguém é capaz de ter um julgamento justo; nem eu. Afinal o raciocínio de cada um passa por tantos fatores subjetivos! Eu incluso. Pois é. Justamente pela longa vivência é que lhe pareço pessimista, quando na minhas cabeça corre a qualificação de realista. Explico. Por ter tido tanto tempo para TESTEMUNHAR a destruição da Natureza e a do próprio humano contido no homem, é que julgo enxergar as coisas de uma forma REAL. Já não tenho aqueles sonhos próprios da juventude (já fui jovem) e… já caí na real…
    Não sei quantos anos você tem, mas veja bem. Quando você tinha 15 anos, pensava que sabia tudo. Quando você tinha 20 anos, sabia que aos 15 não sabia nada. Quando aos 25, reconhecia que aos 20 não sabia nada. E assim por diante.
    Pois bem, hoje, você com a idade que tem deve reconhecer que anteriormente sabia alguma coisa, mas não tanto quanto hoje. (estou apenas simplificando o raciocínio). Não é o caso de você se indagar: daqui a 2 anos deverei saber mais do que hoje? Me entenda, não estou me desfazendo de você, por favor. Retifico. Em vez do tratamento VOCÊ retifico para “uma pessoa”. Pois bem, é baseado nisso que eu, com 81 anos, entendo que estou enxergando com realismo. Já conheço por demais essa humanidade da qual fazemos parte. Não confio em interesses comerciais que estão à frente nas decisões da Globo. Além disso tudo, caro e límpido Maguila, tenho tido muito tempo para pensar. Pensar, pensar. É isso aí, amigo.

  • Administrator disse:

    Aos pessimistas de plantão:

    Não Gomide, não estou lhe chamando de pessimista, nem ao Maguilla. Concordo com vocês e aí até me incluo nisso. Nós todos aqui, temos sido é REALISTAS, cada um à sua maneira. Uns mais, outros menos, mas REALISTAS, acima de tudo. Mas claro que aparecerão os pessimistas de plantão e cabe a nós duas coisas: ou nos juntarmos a eles ou descobrir e mostrar que existem outros caminhos. E aqui vai a notícia que aponto para um desses caminhos (resta saber se vai da certo):

    Como disse, vou montar guarda e ficar vigiando as coisas que vão acontecer no novo portal e testar se eles realmente vão atender ao clamor popular ou apenas usar o portal parea fazer “marketing ecológico”.

    Nesse sentido, informo que acabei de entrar em contacto com o Sr. Diego Cox, um dos principais desenvolvedores do portal e convidei-o a vir aqui debater conosco. Não posso garantir que ele vá aceitar o convite. Mas isso faz parte do teste. Se não vier agora, que a coisa está no início e ainda pouco conhecida, significará que será muito difícil interagir diretamente com o povo, quando, lá na frente, milhares de perguntas imbecis, não objetivas nem práticas, dentre umas poucas boas, atolarem o site. Como o Gomide diz: estamos calejados e cansados de ver protestos e denúncias derem em nada. Não, não estamos aqui para brincar nem para fazer coro com iniciativas demagógicas (quando assim se revelarem). E não temos medo de mostrar a nossa cara, dizendo o que pensamos, doa a quem doer.  Se vierem, vão saber o que realmente pensamos e que não estamos aqui para paparicar ninguém. Lembrem-se: internauta também é povo, é claro, mas um povo um pouquinho mais esclarecido que os demais, porque pesquisa, discute e tem voz. Se eles não derem atenção nem a nós, ciberativistas confessos e militantes das causas ecológicas, vão dar atenção ao povão?

    Vamos dar um voto de confiança (de qualquer forma, entendo que é uma porta, sim, que se abre) e esperar para ver. Objetivos à parte, pelo menos uma voz poderosa se mostrou disposta a ajudar. Quanto à sinceridade e os resultados a serem alcançados, veremos com o tempo.

  • Antidio Teixeira disse:

    Caros amigos:
    Diante deste sincero e eloqüente debate, nada mais tenho a acrescentar além de meus parabéns ao Administrador e Comentaristas. Quanto a iniciativa demagógica da Globo, nota 0. O que o país necessita é de um órgão de comunicação de massa com o potencial da Rede Globo, movido pelo idealismo dos participantes do DDD e fidelidade aos interesses da Nação.
    Bom fim-de-semana.
    Antídio

  • Mr. Spock disse:

    Bom Ivo, só vou me manifestar porque fui citado… :)

    Não me considero pessimista, otimista e nem mesmo realista. Se quiser me dar um rótulo, pode dizer que sou…analítico.

    Sempre gostei de quebra-cabeças e considero que o raciocínio nada mais é do que a capacidade de se juntar todas as peças para se ter a figura final. Para isso é preciso se conhecer e observar muito cada peça, bem como os possíveis locais de encaixe. Algo, mais ou menos, como disse o Gomide sobre experiência de vida.

    Além de ter uma desvantagem de 30 anos em relação a ele, não me considero especialista em nada, quando muito um “especialista em generalidades”, portanto, desde que estabelecemos a parceria entre nossos blogs, deixei claro que não era “ambientalista” ou qualquer outra denominação derivada, apenas alguem em busca da verdade existente em cada assunto, verdade esta que sempre interessou a muitos poucos.

    Apesar de minha vocação infantil e formação acadêmica na área de Química/Bioquímica, também sempre me interessei, desde a infância, por Astronomia, História, Geociências e Física Aplicada. Talvez esses interesses me tenham feito estudar não só sobre a minha profissão mas sobre tudo que pudesse me dar melhor entendimento sobre a Vida. Com isso, talvez, tenha conseguido “encaixar bem as peças” desse enorme quebra-cabeças que nos é dado desde o nosso nascimento.

    Esse intróito (ufa!) foi para dizer:

    1) Desconfio de tudo que vem das Organizações Globo, por mais bem intencionado que possa parecer, mas não desmereço sua iniciativa, pelo contrário, qualquer fonte de informações verídicas é bem-vinda. Se no INPE é uma dificuldade enorme se achar onde ficam, no site, os mapas sinóticos de Climatologia e sobretudo dados sobre a Amazônia, que venha o Globo.com facilitar a consulta a tais dados, apesar das incongruências que possam apresentar, como já demonstrei em http://projetosili.blogspot.com/2008/01/aquecimento-global-ou-guerra-de_26.html ;

    2) O colega Maguilla, repete a pergunta “E POR QUE O GOVERNO NÃO TOMA PROVIDÊNCIAS?”. Caro colega, qualquer governo não toma qualquer providência quando NÃO INTERESSA! É simples assim. Pode-se dizer que, na História republicana do Brasil, apenas 2 governos tiveram um projeto de Nação para o país, coincidência ou não, foram 2 ditaduras: a de Vargas e a do Regime Militar. Todos os demais só tinham projetos pessoais ou oligárquicos, os interesses nacionais ficaram sempre em último plano. No caso atual, o problema é ainda maior: o governo anarco-sindical de Lula/PT tem como objetivo inicial o desmantelamento das instituições brasileiras para posterior instalação e perpetuação de modelo stalinista no Brasil. Assim, vem desmoralizando e desmontando (com grande eficácia, diga-se de passagem) os Poderes Legislativo e Judiciário, assim como já fez com as Forças Armadas. Enquanto isso, distribui benesses (leia-se $$$$$) a ONGs, políticos e associações civis vinculadas ao seu projeto de poder, tudo sob o olhar complacente da sociedade brasileira devidamente “comprada” com “bolsas” e “cotas” diversas.

    Antes que digam, esclareço que estive nas ruas do Rio de Janeiro, em 1984, clamando por “Diretas Já” e corri muito da polícia e do Exército, portanto, não posso ser considerado em “reacionário de direita” como os PTistas costumam chamar qualquer um com maior discernimento.

    No mais, na verdade, o que eu gostaria de ver seriam imagens de satélite, como os da NASA, com riquezas de detalhes sobre TODA a região amazônica, aí ficaria fácil se identificar bases das FARC, Blackwater, US Army e demais “moradores” da área. Nem mesmo o Google Earth foi capaz de tanto ainda.

  • Yan Kavasi disse:

    Quase sempre ausente (reconheço), mas sempre presente quando grandes temas são levantados e mormente quando o meu nome é citado nos debates, sinto-me no dever de me manifestar.

    O fato de não estar aqui mais amiúde, não significa que grandes temas não tenham sido propostos à discussão neste blog. Estou sempre acompanhando e lendo, meio que rapidamente, mas lendo. Só não tenho tido tempo é de postar comentários. Mas desta vez, fui obrigado porque disse o administrador não saber qual seria a minha posição sobre o assunto.

    Dos que comentaram, parece-me que somente ele, o administrador, mostrou-se entusiasmado com a idéia da Globo. Eis o que penso: Se ficar só na proposta inicial, também não creio muito que a iniciativa da Globo.com vá surtir algum efeito. Denunciar por denunciar, todo o mundo vem fazendo isso, há anos, e o Governo não se mexe. Ah, tá bom, mas são denúncias de internautas e do povo e não merecem muito crédito, talvez pensem eles assim. Mas e quando é a Imprensa que denuncia e nem assim se toma providências?

    Sabem o que penso? É descaso, corrupção e falta de patriotismo mesmo. Quanto dinheiro e favores o Brasil ganha para deixar correr frouxo as coisas na Amazônia? Qual a quantidade de riquezas que é retirada de lá e qual o seu verdadeiro potencial econômico? Nem a Imprensa sabe ao certo. A questão amazônica, antes de ser uma questão ambiental ou meramente econômica, é uma questão militar, de soberania, de segurança nacional. Como o Maurício disse: blogs que apenas republicam notícias, sem investigar e discuti-las a fundo, como fazemos aqui, pouco ou nada acrescentam. E até mesmo a poderosa Globo não é diferente de nós. Se ficar se limitando a mostrar um mapinha com focos de queimadas e desmatamentos e reproduzindo uma ou outra notícia, nem ela vai chegar a lugar nenhum.

    Mas, e aí vou concordar com o administrador, se pegarmos um gancho e conseguirmos sozinhos ou em conjunto com outros blogs, convencer a Globo de que deve usar o seu portal e as suas outras ferramentas de mídia para fazer campanhas em favor da defesa da Amazônia, a coisa pode dar certo, sim. A bem da verdade, no momento não está muito interessando saber onde estava havendo desmatamentos ou queimadas e o total das áreas atingidas. Mas duvido que um Globo Repórter Especial a cada 15 dias e com as melhores reportagens sobre a Amazônia não surtisse efeito. Já que eles entraram (entraram?) na briga, vamos cobrar deles. Vamos pagar para ver.

    Estou com o que o Maguilla diz: o que interessa é saber o que o Governo está fazendo, quais as políticas públicas para aquela região e como tratar militarmente o assunto. Pelo que sei, os militares andam descontentes com o Governo, desconfiados da fragilidade ou quase nenhuma segurança nas fronteiras Brasil x Guiana x Venezuela x Colômbia, esta última com o seu governo se aproximando muito – e perigosamente – dos Estados Unidos. Convém que se alerte: A Amazônia não é só Brasil. É todo um bioma gigantesco, ao Norte do Equador e que interessa à humanidade, sem contar com o sonho de sua dominação pelas grandes potências. Essas coisas é que precisam ser discutidas, tanto pelo lado ecológico, como político, como militar. E essa focagem, eles não dão, pelo menos para o povão. Melhor serviço prestaria a Globo se levantasse essas questões e promovesse campanhas de conscientização do Governo e da população. Será que eles têm verdadeira autonomia para isso? Têm coragem? Essa é a questão.

    Mas nem por isso devemos deixar de aproveitar a oportunidade que o novo portal da Globo oferece. Devemos tentar e ver o que acontece. É o que penso. Se não der certo, será apenas mais uma decepção e partimos para outra tentativa. Diz o slogan: “brasileiro não desiste nunca!” Vamos transformá-lo em realidade comprovada.

  • Diego Cox disse:

    Olá Ivo,
    A repercursão por aqui está bem grande heim, existem alguns pontos que eu gostaria de frisar:

    – O lançamento do portal foi dia 07/09 no Fantástico
    – Sim, as denúncias serão apuradas, hoje dia 14, você já poderá começar a ver os resultados no próprio Fantástico.
    – O projeto foi desenvolvido em parceria entre a Globo.com, o Fantástico e a CGJ. Dessa forma todo o jornalismo da TV Globo está envolvido.
    – Eu e minha equipe fomos responsáveis em desenvolver e integrar esse projeto tecnologicamente falando.

    De fato sempre existirão opiniões contra e a favor, eu me atenho apenas a solução técnologica que foi desenvolvida. Essa de fato já demonstrou ser um sucesso. Até mesmo o mais otimista (eu), como já disse antes, duvidou do poder de adesão e engajamento dos usuários do Orkut ao redor desse tema.

    Sabemos que até hoje o Orkut nunca foi o lugar mais utilizado para uma comoção pública, mas já são mais de 1 milhão de protestos por dia e mais de 150 mil instalações. Esse era o objetivo da minha equipe, e cumprimos a meta de três meses em 24 horas.

    Quanto a discussões de posicionamento, efetividade e mudanças em torno do projeto, concordo que cada um deva expor suas opiniões. Afinal o território livre da internet está ai para isso mesmo.

    Parabéns pelo seu blog.

    []’s

  • Administrator disse:

    Caro Diego:

    Obrigado pela presença. Você, como um dos desenvolvedores do Portal Globo Amazônia, talvez (eu disse talvez) saiba quais são as verdadeiras intenções da Globo com o projeto. Mas “engajamento dos usuários do Orkut em redor do tema?” (destaco o que você disse:  “Até mesmo o mais otimista (eu), como já disse antes, duvidou do poder de adesão e engajamento dos usuários do Orkut ao redor desse tema“. Desculpe-me, mas respeitosamente e sem querer desmerecer a comunidade do “Orkut“, não creio que eles, por lá, sejam o público-alvo certo para se discutir questões de tamanha envergadura. E nem vou explicar o porquê, tão óbvio é.  Se a intenção inicial da Globo foi penetrar e sensibilizar a comunidade do “Orkut”, o projeto não vai dar em nada. Oxalá eu esteja equivocado! Mesmo assim, e por enquanto, vamos continuar acreditando.

    Protesto registrado, para os que duvidavam que pudéssemos ser ouvidos, aí está a resposta. Só não sabemos se teremos o mesmo sucesso lá no portal. Quem sabe, se vocês ajudarem…Você viu o logo que fizemos para redirecionar internautas para o Portal?

    Por aqui, como você viu, estamos acreditando, mas com um pé atrás, “meio que desconfiados”. Afinal, ninguém coloca em dúvida o potencial da Globo, mas questionam-se as suas reais intenções.

    Pretendemos apostar algumas fichas (não todas) na idéia e até ajudar, no que for possível. Vamos iniciar uma série de denúncias sérias, muito brabas e comprometedoras da soberania do Brasil naquela área. Se tiver tempo, acompanhe. Caso o seu site aceite colaborações, poderemos enviá-las para lá e você, se puder, as repassa para o portal da Globo. Nossas notícias são quentes: pesquisadas, discutidas e fundamentadas. Se os objetivos por lá forem sérios também, acho que interessariam a eles.

    Se não for pedir demais, retorne e dê-nos a sua opinião. Mais uma vez, parabéns pela iniciativa! É o ponta-pé inicial.

    Gratos!

  • mgomide3 disse:

    Ao lúcido Aministrador deste blog.
    Dou-lhe total apoio nas francas e judiciosas considerações feitas ao digno representante da Globo, cuja presença aqui valoriza o trabalho de todos nós. Oxalá possamos contar com a participação de tão democrático senhor que teve a grandeza de comparecer a esta arena, dando-nos o prazer de ouvir suas opiniões sobre tão importante assunto. O senhor Diego Cox, fazendo-se presente à nossa “tenda” carreou simpatia e valor ao seu empreendimento. Doravante, passarei a dar mais atenção ao tema “Amazônia” que se tornou objetivo importante para a direção das Organizações Globo.

  • Antidio Teixeira disse:

    Parabéns ao Administrador pelo sucesso de sua investida de nos fazer notados pela Globo; e benvinda a presença do senhor Diego Cox aqui representando-a. Com relação aos temas Amazônia e o meio ambiente global muito teremos que debater em busca de esclarecimentos para fatos que a Ciência, até hoje não explicou e, uma vez explicado, poderá mudar todo o conceito do aquecimento global e suas conseqüências sobre diferentes regiões do planeta.
    Atenciosamente,
    Antídio

  • alex disse:

    achei otimo todos os comentarios, fico tão imprecionado com tanto argumento que as pessoas de fora dão em relação a amazonia, enchem a boca em dizer vamos preservar, mas nada fazem a respeito. o que voces tem que fazer é vim ate a amazonia e vivenciar tudo o que acontece só assim terão argumentos verdadeiros.
    SÓ OS QUE VIVEM AQUI É QUE SABE O QUE PASSA E O QUE NÃO PASSA. TEMOS QUE MELHORAR MUITO……………………..

  • Administrator disse:

    Alex:

    Infelizmente, nem todos temos condições de ir à Amazônia e fazer reportagens “In loco” sobre o que lá se passa. O Governo, as ONGs, as redes de TV, os organismos internacionais de defesa do meio ambiente, as grandes revistas, os jornais, estes sim, têm condições de ir lá e ver o que acontece. Quem sabe o Portal Globo Amazônia possa começar a fazer isto?

    Eu, particularmente, tive condições de, numa visita casual que fiz recentemente ao Norte/Nordeste, presenciar e até fotografar umas cenas chocantes das lavouras de soja invadindo a Amazônia e das áreas desmatadas para lavouras ou pastagens de gado. Mas de que adianta um brasileiro ver isso isoladamente? O que acontece por lá tem de ser divulgado para o mundo.

    O maior criminoso da Amaz|ônia é o próprio Governo, que sabe, tem condições de fazer e não faz. Isto é o que nós, blogueiros ciberativistas, temos de denunciar.

    Entendemos sua revolta. Se eu morasse por lá, ficaria mais revoltado ainda. Sabe como você pode ajudar? Denuncie tudo o que souber. Envie dados, informações fotos, tudo o que souber.

    Se quiser contar com a nossa ajuda para divulgar, estamos prontos.

  • Mr. Spock disse:

    Nada como o tempo para clarificar as coisas…

    Apenas 15 dias após o post inicial do Ivo, o “Portal Amazônia” do Globo.com está lá com Culinária, Lendas, Entretenimento, “Celebridades”…ou seja, as mesmas futilidades e inutilidades do portal-pai.

    Queimadas? ´Desmatamento? Denúncias? Nah…isso não dá Ibope… até o Google Maps das queimadas já sumiu da página inicial, aliás, o próprio portal amazônia só é achado na letra “P” no meio de outros trocentos sites do Globo.com.

    Afinal, como bem disse o Sr. Daniel Cox, a finalidade dele e da equipe era atrair os milhões de internautas do Orkut, proporcionando tráfego e “audiência” ao portal, pois apurar a veracidade das notícias nunca foi o forte da CGJ, muito menos das Organizações Globo, empresa visivelmente adesista a qualquer Governo no poder no Brasil (tentem falar mal do Lula/PT nos comentários do Globo Online e vejam se sua opinião será publicada). Por outro lado, não esquecem que fundada no mesmo ano do golpe militar de 1964, a Rede Globo foi o principal baluarte de apoio ao regime.

    Lamento por voce Ivo, que estava cheio de esperanças com esse portal. Para mim, não foi nenhuma decepção.

  • Caro Spock:

    Você, como sempre, é bastante mordaz e tem uma visão acurada das coisas. Mas desta vez está havendo um pouco de precipitação nas suas conclusões. Quinze dias é um prazo muito, mas muito curto mesmo para se tirarar qualquer conclusão quanto aos reais objetivos do portal e se vai ou não dar resultado.

    Como disse no início, não cometi a loucura de apostar TODAS AS MINHAS FICHAS no projeto deles. Apenas dei-lhes algum crédito, apoiando a iniciativa, até que mostrem a que vieram. Quanto à sua sugestão, já fiz o teste: enviei-lhes, precisamente hoje, matéria criticando o Governo e a forma como o portal vem atuando. Resumindo: disse-lhes que apenas exibir fotos e vídeos sobre crimes ambientais, já quase que não resolve mais, porque isso todo mundo faz, principalmente os blogs, e o Governo não está nem aí para isso. Sugeri-lhes que ao invés de estar recebendo e publicando fotos e vídeos, partissem para algo mais contundente, como uma campanha contra o governo, cobrando soluções (dei algumas sugestões, é claro).

    Agora, vou aguardar a moderação. Mas pelo que vi, mesmo que deixem ser publicado, acho que vão se abster de comentar. Então, só resta esperar. Já disse: aviso a todos vocês quando tiver uma conclusão definitiva. Depois, cada um poderá trar a sua.

    Abraços!

  • bosco brito disse:

    Proximo a Imperatriz-MA , portal da Amazonia uma fábrica de couro derrama lixo tóxico e desagua em um dos maiores Rios do Brasil, Rio Tocantíns.assista http://www.youtube.com/watch?v=EWWJIYy9wPg o vídeo por favor. att bosco brito

Deixe uma resposta