Ecologia

Atuação de Ambientalistas e Ativistas do Greenpeace Consegue Interromper, no Congresso, Discussões do Projeto “Floresta Zero (*)”

Atuação de Ambientalistas e Ativistas do Greenpeace Consegue Interromper, no Congresso, Discussões do Projeto “Floresta Zero (*)”
Atualidades

Não fosse eu filiado e constante visitante do Greenpeace, atento às notícias que de lá provêm, talvez não tivesse tomado conhecimento – porque tais coisas o Governo não divulga – de um criminoso projeto contra a Amazônia Legal, que está para ser discutido no Congresso. Trata-se […]Continuar lendo >>

O que você faz com a sua “Consciência Ecológica”?

O que você faz com a sua “Consciência Ecológica”?
Atualidades

Tenho participado de vários grupos de discussão e fóruns que priorizam a questão ambiental e buscam apoio e soluções para este preocupante problema, não só no Brasil, mas no mundo. Além disso, também possuo dois blogs e um fórum público que debatem o assunto e […]Continuar lendo >>

E Quando Explodir o “Boom de Produção” da Cana-de-Açúcar? O Brasil Estará Preparado?

E Quando Explodir o “Boom de Produção” da Cana-de-Açúcar? O Brasil Estará Preparado?
Atualidades

Ainda não atingimos o “boom de produção”; o etanol ainda não se firmou internacionalmente como um biocombustível e, mesmo assim, o Brasil já é considerado o maior produtor mundial de cana-de-açúcar. Na safra 2005/2006 atingimos a produção de 436,8 milhões de toneladas, a maior da […]Continuar lendo >>

Vilões da Amazônia – Problema de Gestão?

Vilões da Amazônia – Problema de Gestão?
Atualidades

Os principais vilões que devastam a amazônia legal, já foram identificados e são conhecidos por todos. Vamos especificá-los: 1 – AS MADEIREIRAS – Com suas moto-serras e outros   sofisticadíssimos equipamentos de devastação, como tratores, robôs lenhadores, serras circulares tratorizadas, etc., fazem a derrubada das […]Continuar lendo >>

Moto-serras: mais letais do que armas de fogo. Por que não controlam?

Moto-serras: mais letais do que armas de fogo. Por que não controlam?
Direito

São rápidas, ágeis e eficazes. Cortam árvores como se estivessem cortando queijos, tanta é a facilidade do manuseio. E ao cortá-las, cortam também um pouco da vida do meio ambiente e das pessoas que nele vivem. A cada árvore derrubada, quinze outras morrem e o  […]Continuar lendo >>